Dica da Nutri 30abr

Refrigerante: Diga não!

Postado por Marcela Paim

Sejamos sinceras: na hora do almoço, no lanche, no jantar ou ao longo do dia, é difícil resistir ao bom e velho refrigerante, não é mesmo? Em festas, então, nem se fala – às vezes, fora os drinks, eles são a única opção. Por estarem cada vez mais presentes nas nossas refeições e serem consumidos por gente de todas as idades, muitas dúvidas sobre a bebida surgem por aí, principalmente no que diz respeito a temida celulite e – depois da onda diet, light, zero – a quantidade de calorias dos refrigerantes.

maleficios-do-refrigerante-noivas-na-medida

Para começar, eles contêm ingredientes que nada contribuem para a saúde. O açúcar ou adoçante (no caso dos light) provocam a queima de vitaminas e minerais que são, então, eliminados pelo organismo. Em excesso, aumentam as taxas de triglicerídeos.

E por falar em exagero, quanto mais cafeína o refrigerante tiver, mais adrenalina será produzida pelo nosso organismo. Assim sendo, o cérebro passa a “pedir” mais carboidrato e açúcar para que a glicemia seja mantida e a adrenalina, balanceada, dando início a um círculo vicioso.

1010_obesidade_f_004

Outro ingrediente perigoso é o ácido fosfórico. Ele reduz a absorção de cálcio, podendo comprometer a manutenção da massa óssea, o que é péssimo para as mulheres. Imagine só quando a menopausa chegar, trazendo ainda mais desgaste aos ossos?

Isso sem contar que os refrigerantes são ricos em corantes, acidulantes, conservantes e possuem teor altíssimo de sódio, que causa retenção de líquidos, elimina cálcio e reduz a disponibilidade de magnésio na circulação, facilitando a formação de gordura corporal.
queimar-gordura-noivas-na-medida
Portanto, podemos dizer que o refrigerante é uma bebida nutricionalmente pobre. Bebê-lo com freqüência só faz aumentar a ingestão de calorias vazias, que não acrescentam nenhum nutriente ao organismo. Fique ligada, porque um litro de refrigerante tem, em média, cerca de 400 calorias, que poderiam ser obtidas através de alimentos muito mais saudáveis e benéficos para a saúde.

No entanto, a maior preocupação das mulheres é se o aparecimento da celulite e o ganho de peso ocorrem por conta do consumo de refrigerantes. Não há estudos que comprovem essa relação, mas é sabido que uma dieta desequilibrada, com consumo excessivo de açúcares, gorduras e ingestão ineficiente de água e fibras, bem como o sedentarismo e a predisposição genética, estão relacionados ao aparecimento da celulite.

celulite-mulher-noivas-na-medida

Já o ganho de peso se dá devido ao desequilíbrio entre o consumo e o gasto de calorias. Alimentos e bebidas com alto valor calórico podem colaborar, portanto, para o desnível calórico, fazendo com que o número de calorias ingeridas seja muito maior do que o gasto. Isso sem contar que o excesso de açúcar contido nos refrigerantes é rapidamente absorvido pelo organismo, estando relacionado também ao aumento do risco de obesidade e de diabetes tipo 2.

Por essas e outras, o consumo diário de refrigerante não é recomendado. Mas o preocupante é que ele tem justamente deixado em segundo plano bebidas saudáveis como sucos naturais, água de coco e a própria água, essencial para o ser humano e grande aliada no combate à celulite e ao ganho de peso.

Que tal, então, virar esse jogo? Evite o refrigerante, mesmo em versões zero e light, e invista em bebidas mais nutritivas e saudáveis!

Espero que tenham gostado das dicas! Um beijo e até a próxima, Luana

Bjs, Marcela Paim